Karlstejn_Johann_Venuto_podle_Quirina_Jahna4

Ladies, apaixonadas por romance de época, olha essa pintura fantástica do séc. XIX do castelo que me inspirou a criar Havenford, da série dos Warrington. Mais especificamente, o Havenford de Cartas do Passado. O castelo da imagem é muito parecido com o do livro. A diferença é que depois de estudar as plantas de alguns castelos ingleses, eu fiz umas modificações nele. Os 3 níveis em diferentes alturas da colina eram um problema para mim e para a defesa do castelo que seria preciso usar na guerra. Então eu diminuí a distancia entre eles e transformei os 2 últimos em divisão entre pátio externo e pátio interno (vocês notam muito essa configuração na guerra e quando o conde está andando pelo castelo com a Elene). O paredão de defesa de Havenford e o portão fantástico, são inspirados na história de outro castelo inglês. O paredão de Havenford é uns dois metros mais alto do que o paredão do castelo real.

Foi muito legal fazer isso, eu adoro pesquisar essas coisas, gasto dias e dias em cada parte. E plantas de castelos são fascinantes, não é a toa que criei uma tão complexa pra Havenford, com todas aquelas passagens. Esse castelo na verdade é na República Tcheca e se chama Karlštejn e foi de Carlos IV, Sacro Imperador Romano e Rei da Boemia. Claro que o castelo dos Warrington ia acabar sendo inspirado no castelo de um Imperador! hahahaha

Karlstejn_Johann_Venuto_podle_Quirina_Jahna3
É possível notar algumas diferenças na arquitetura do país, comparada a Inglaterra. Mas ambos os castelos (o real e o do livro) foram construídos no séc. XIV e são caracterizados pela arquitetura gótica. Mas no livro, Havenford tem uma torre a mais e seu telhado é um pouco mais gótico e dramático do que o castelo da imagem. Tudo para lhe dar um ar ainda mais imponente, como um gigante na colina. Assim como o castelo real, Havenford tem uma capela que fica no ponto mais alto do castelo, porém, por dentro elas são completamente diferentes, a começar pelo prédio onde ficam. Na história, a capela fica numa torre apenas dela. O que deixa bem claro a importância da religião naquela época.

Os campos, a vila, essa extensão de terra que o conde observa, é tudo real. Com leves mudanças para o cenário e clima do norte da Inglaterra. No livro, a região não é em meio a inúmeras colinas, há apenas uma cadeia com três delas, a maior onde o castelo fica e duas atrás dele. O nome Karlštejn vem do nome da vila. Já na história, Havenford é o nome do lugar devido a presença do castelo. E dá nome a cidade que se desenvolve no futuro e que na época do conde era uma grande vila, muito desenvolvida para o séc. XV, devido a riqueza do castelo e das suas terras. Havia muitos comerciantes ricos e uma feira nas terras de Havenford, algo imprescindível para o crescimento comercial local naquela época. Essa parte da história é totalmente fictícia. Assim como a cidade de Havenford.

Uma curiosidade é que o Karlštejn, o castelo real, era usado por Carlos IV como depósito de grandes tesouros. E em As Cartas da Condessa, você descobre que os Warrington na verdade usavam seu castelo antigo, Riverside, para algo similar. Eles não tinham os tesouros de um Imperador, mas tinham jóias e muitos outros itens de valor de uma nobre família rica. Além de pertences com valor sentimental.

O castelo no séc. XVI

Espero que tenham gostado dessa curiosidade! Eu adooro esse castelo e o trabalho que tive pra criar Havenford. Volto em outro post para contar mais curiosidades sobre o castelo, agora, numa época mais atual, quando se passa As Cartas da Condessa <3

Cartas do Passado e As Cartas da Condessa podem ser encontrados em e-book na Amazon, iTunes, Kobo e Google Play. E também em impresso, na minha loja: http://www.livraria.lucyvargas.net (em promo!)

seriewarringtoncapa